Sexta edição do Fentepira chega ampliada e mais cedo

A secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese, com os membros da comissão organizadora
A secretária da Ação Cultural, Rosângela Camolese, com os membros da comissão organizadora

O ator Henrique Stroeter, do Grupo Parlapatões, confirmou presença. Fábio Espósito, palhaço brasileiro no Cirque Du Soleil, avisou que vem. O dramaturgo Luís Alberto de Abreu, roteirista da minissérie Hoje é Dia de Maria, estará representado. Tem espaço ainda Jorge Amado, Mário Bortolotto, Franz Kafka, Tonico e Tinoco, Patativa do Assaré e até Paulo Freire. É cultuando nomes consagrados que Piracicaba celebra a chegada da sexta edição do Fentepira (Festival Nacional de Teatro). A programação contém 26 atrações gratuitas com abertura no dia 28 de outubro e atividades até 6 de novembro.

Grupos de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Maranhão foram selecionados para participar da maratona teatral, que recebeu 168 inscritos de 12 Estados brasileiros. Com a maioria das atividades concentradas no Teatro Municipal Dr. Losso Netto, que além dos espetáculos abriga os workshops, o Fentepira tem eventos da mostra principal na Praça José Bonifácio e Casarão do Turismo da Rua do Porto. Locais como Cemitério da Saudade, Educomunicamos! Ponto de Cultura e Ponto de Cultura Garapa vão receber as atividades paralelas, este ano denominadas Cenas sem Fronteiras.

A secretária municipal da Ação Cultural, Rosângela Camolese, destaca que o modelo do Fentepira serviu como vitrine para a criação de outros projetos culturais na cidade, como o Festival Internacional de Música Erudita e o Festival de Dança de Piracicaba (Piradança). “O Festival nasceu a partir da preocupação da classe artística em trazer para a cidade o que há de melhor nas artes cênicas do país e, consequentemente, contribuir para a formação de plateia e para o aperfeiçoamento dos grupos locais”, diz Rosângela.

Pela primeira vez o Festival terá o cargo de curador, assumido por Antônio Chapéu, do Andaime Teatro Unimep. A ideia é que a cada ano um nome da comissão organizadora seja indicado ao posto. Ele iniciou seu trabalho como membro da comissão de seleção dos trabalhos para o Fentepira, junto de Tiche Vianna e Roberto Rosa. E se revezará com os membros da comissão organizadora na integração da comissão debatedora dos 10 espetáculos, que terá o professor do curso de graduação e de pós-graduação da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Alexandre Mate, que em 2011 integrou o júri do 23º Prêmio Shell de Teatro de São Paulo. Também faz parte do time debatedor a doutoranda em artes, jornalista, bailarina e atriz Patrícia Leonardelli.

A exemplo dos anos anteriores, continuam após os espetáculos os debates entre grupos selecionados, plateia e membros da comissão debatedora. Mas não haverá a entrega dos Trofeus-Destaque, que era realizado na data do encerramento. “Esse formato já está sendo adotado por outros festivais do país. Entendemos que o Fentepira traz a sua contribuição para os grupos ao promover as conversas após as encenações. A partir de agora, ele segue um formato de mostra nacional”, diz Heloísa Guerrini, diretora do Teatro Municipal Dr. Losso Netto e membro da comissão organizadora.

Além da ampliação em dois dias na mostra, outra novidade é a antecipação de quase um mês na realização do Fentepira, que até a quinta edição acontecia na última semana de novembro. “Esta também foi uma sugestão da comissão debatedora do ano passado, Alexandre Mate, Daniela Biancardi e Moisés Miastkwosky. Eles alertaram que neste período os estudantes estão em período de provas e, como é um público significativo que queremos atingir, decidimos antecipar o Festival para contemplar a plateia estudantil ainda mais”, explica a integrante da comissão organizadora, Fátima Monis, orientadora de artes cênicas do Sesi Piracicaba.

O 6º Fentepira é uma realização da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural). São apoiadores a Apite! (Associação Piracicabana de Teatro), Sesi, Senac, Sesc, Tusp Piracicaba, Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) e Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s