Peça de 20 anos da Ceta encerra sétima edição do Festival

Este slideshow necessita de JavaScript.

O encerramento do 7º Fentepira (Festival Nacional de Teatro de Piracicaba) será em clima de festa para as artes cênicas piracicabana. Às 20h de domingo (4), o palco do Teatro Municipal Dr. Losso Netto estará sob o comando da Ceta (Companhia Estável de Teatro Amador), que comemora 20 anos de fundação com a estreia do vigésimo espetáculo de seu repertório, Sobre a Terra que Arde. A entrada é gratuita.

Sobre a Terra que Arde narra a trajetória do menino Miúdo, que sonha com um burro falante que poderá levá-lo a fazer fortuna no picadeiro do grande circo. Em sua peregrinação, ele encontra Rosa, uma menina prostituída em casa de mulheres e abandonada na estrada por um homem. Juntos na procura pelo burro, Miúdo e Rosa aventuram-se pelos confins miseráveis e cheios de ameaças da região dos vilarejos da Terra que Arde.

Pelo caminho, precisam se safar de matadores, de pedófilos e do sol que os castiga. Encontram refúgio e apoio dos Filhos do Vento, meninos e meninas ladrões abandonados por prostitutas. Mas o bando, que pratica atividades criminosas, pode ser aniquilado por soldados, pois os moradores denunciaram seus atos aos coronéis.

UNIVERSO ONÍRICO – O espetáculo tem a musicalidade como aliada da ação cênica, com músicas cantadas ao vivo e compostas pelos próprios integrantes. Por meio de cenas fragmentadas que se passam num universo onírico, o enredo começou a ser construído em novembro de 2011, a partir da vontade do elenco de abordar questões políticas e sociais.

Ricardo Araújo, que entrou na Ceta em 1991 como aluno, e João Scarpa, que ingressou um ano depois, hoje são os diretores gerais da Ceta. Juntos, eles atuam como diretores-artísticos da companhia desde abril de 2008. Esta é a terceira montagem sobre o comando da dupla, que se revezou também no preparo corporal, desenho coreográfico e iluminação.

Além do trabalho de Scarpa e Araújo, o elenco envolveu-se no processo colaborativo de artistas convidados: a bailarina Miriam Sartori assumiu o preparo coreográfico; Daíse Neves atuou na estilização dos figurinos; Débora Letícia fez os trabalhos vocais; Otiniel Aleixo, o Legal, assina a direção musical, enquanto Fabrício Zavanella fez o preparo musical e Jean Lemes ministrou aulas de flauta doce. A dramaturgia é assinada por Denílson Oliveira, os cenários por Marcos Thadeus e os adereços por Pádua Soares.

DUAS DÉCADAS – Criada pela Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac) em 1991, a Ceta foi oficializada em dezembro de 1992, por meio de lei municipal, e visa a capacitação de novos atores e o desenvolvimento de pesquisas sobre as novas formas do fazer teatral. A história da companhia, que detém vários prêmios no currículo, é marcada por montagens importantes, pela circulação em diferentes bairros da cidade e por apresentações em todo o Estado.

O FENTEPIRA – Iniciado em 27 de outubro, o 7º Fentepira é uma realização da Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Semac. O Festival possui como eixos a popularização das artes cênicas, o fomento aos grupos teatrais locais, a formação de plateias e estímulo à troca de ideias.

Em 2012 a programação teve 17 atrações, sendo dez espetáculos na mostra oficial, cinco convidados e duas atividades paralelas no Teatro Municipal Dr. Losso Netto, Teatro do Sesi, Praça José Bonifácio, Casarão do Turismo da Rua do Porto e nos pontos de cultura Garapa e Educomunicamos.

Nos dez espetáculos da mostra oficial, as companhias de teatro se juntaram ao público para bate-papo sobre seus processos criativos e receberam ainda o aval de debatedores convidados, Alexandre Mate, professor do Instituto de Artes da Unesp, e Evill Rebouças, dramaturgo, diretor, ator e pesquisador.

Sob curadoria de Marici Salomão, dramaturga, jornalista e crítica teatral, e de Fátima Monis, orientadora de artes cênicas do Sesi, os espetáculos da mostra oficial abordaram o fazer teatral contemporâneo, permitindo ao público o acesso a visões distintas de mundo, aliando forma e realidade e o uso de novas linguagens.

Os apoiadores da sétima edição são: Sesi, Senac, Associação Piracicabana de Teatro (Apite!), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), Secretaria Municipal de Educação e Centro de Comunicação Social.

SERVIÇO – 7º Fentepira (Festival Nacional de Teatro de Piracicaba), com o espetáculo Sobre a Terra que Arde. Dia 4 de novembro, às 20h, no Teatro Municipal Dr. Losso Netto (avenida Independência, 277, Centro). Entrada gratuita. Ingressos disponíveis uma hora antes. Informações: http://www.fentepira.com.br, http://www.fentepira.wordpress.com, no Facebook Fentepira Piracicaba ou (19) 3433-4952.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s