Fentepira tem 225 espetáculos inscritos para 11ª edição

curadores-valdir-rivaben-e-maria-eugenia-de-domenico
Os curadores Valdir Rivaben e Maria Eugênia De Domênico

O período de inscrições para a 11ª edição do Fentepira (Festival Nacional de Teatro de Piracicaba) terminou com 225 espetáculos registrados, de 73 cidades brasileiras e 13 estados, mais o Distrito Federal. Até 11 de outubro, os curadores Valdir Rivaben e Maria Eugênia De Domênico analisarão as apresentações e divulgarão os selecionados no dia 22 de outubro.

Piracicabano radicado em São Paulo, Valdir Rivaben é articulador de programação das Oficinas Culturais na Poiesis (Organização Social de Cultura). Ator e professor pelo Teatro-Escola Macunaíma e com licenciatura em Teatro na Faculdade Mozarteum, atua profissionalmente desde 1990 e trabalhou com os diretores Alexandre Tenório, Calixto de Inhamuns, Cibele Forjaz, Cintia Alves, Cida Almeida, Dagoberto Feliz, Francesco Zigrino, Gabriela Rabelo, Marco Antonio Rodrigues e Paulo Faria.

Maria Eugênia De Domênico é atriz e diretora teatral, formada pela EAD-USP (Escola de Arte Dramática). Trabalhou no teatro com os diretores Antunes Filho, Marcos Caruso, José Renato, Emílio Di Biasi, Roberto Vignati, Miriam Muniz, Kiko Jaez, Carlos A. Soffredini, Fausi Arap, Jorge Takla, Renato Borghi e Silney Sinqueira, entre outros. Na televisão trabalhou nas emissoras Tupi, Cultura, Record, Bandeirantes, SBT e Globo, atuando em teleteatro, minisséries, novelas e especiais.

DEBATEDORAS
A edição deste ano também conta com duas debatedoras, responsáveis pela avaliação técnica dos espetáculos da mostra oficial do Fentepira. Após as apresentações, a curadora Maria Eugênia De Domênico e Luah Guimarãez se reunirão com o público, integrantes da comissão organizadora e companhias teatrais para uma análise apurada sobre as produções.

Profissional da área de Artes Cênicas, atriz, pesquisadora, professora e realizadora de projetos encenados há 25 anos, Luah Guimarãez participou do Fall Studio Session, em Nova Iorque, ministrado pela companhia SITI (Saratoga Internacional Theater Institute), fundada por Anne Bogart, e mantém o sistema Viewpoints como fonte de treinamento e pesquisa. Em 2016, finalizou pós-graduação em Interpretação pela Escola Superior de Artes Célia Helena. Seus trabalhos de maior visibilidade em teatro foram: com a Mundana Companhia, Na Selva das Cidades; O Idiota – uma novela teatral, ambos dirigidos por Cibele Forjaz; Pais e Filhos e Tchekhov 4 – uma experiência cênica, ambos dirigidos pelo diretor russo Adolf Shapiro; entre outros trabalhos.

SOBRE O FENTEPIRA
Popularizar as artes cênicas na cidade, fomentar os grupos teatrais locais, formar plateias e estimular a troca de ideias foram os eixos que nortearam a criação do Fentepira (Festival Nacional de Teatro de Piracicaba), que chega à 11ª edição em 2016 e será realizado de 5 a 12 de novembro.

O Fentepira conta com uma mostra oficial, com dez espetáculos nas categorias teatro adulto, teatro para crianças e adolescentes e teatro de rua ou para espaços livres. O Festival também traz a 23ª Mostra de Teatro Estudantil de Piracicaba, com a participação de grupos de teatro das escolas estaduais, municipais, particulares de ensino fundamental e médio e entidades de Piracicaba e região. As apresentações serão entre 31 de outubro e 4 de novembro.

Realizados pela Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), e com produção executiva da Theatron, do produtor Marcos Thadeus, os dois eventos não possuem caráter competitivo e têm por objetivo estimular a concepção artística, a inovação criativa e a valorização da arte, além de fomentar a discussão sobre o fazer teatral.

SERVIÇO
Apresentações 11º Fentepira: 5 a 12 de novembro
Apresentações 23ª Mostra de Teatro Estudantil: 31 de outubro a 4 de novembro
Mais informações: http://www.fentepira.com.br

Comissão organizadora
Rosângela Maria Rizzolo Camolese (secretária municipal da Ação Cultural – Semac), Heloísa Guerrini Ferraz (diretora do Teatro Erotídes de Campos), o curador Valdir Rivaben, a curadora e debatedora Maria Eugênia De Domênico, a debatedora Luah Guimarãez, Alessandra San Martin (Apite), Márcio Abegão (Instituto Piracicabano), Milton Mori (CoMCult), Elaine Galani Albaladejo (Secretaria Municipal de Educação de Piracicaba), Fátima Monis (Sesi), Leonardo Borges (Sesc), Pollyanna Teizen Peres Diniz (Senac), Rosângela Maria dos Anjos (Semac), José Antonio da Silva – Chapéu (Unimep), Dayane Bortoleto e Luiz Gustavo Maluf (Teatro Erotídes de Campos).

Produção executiva
Theatron – Marcos Thadeus.

Assistente de produção (23ª Mostra de Teatro Estudantil de Piracicaba)
Márcio Abegão.

Outras informações
Engenho da Notícia
Assessoria de Imprensa 11º Fentepira
divulgacao@engenhodanoticia.com.br
(19) 3302.0100 – Piracicaba/SP
Instagram
Facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s